Comp CC, o novo app para iPad da Adobe

Cada vez mais focada em mobile, Adobe oferece soluções para um fluxo de design mais rápido, integrado e on the go

por Samanta Fluture

Adobe Comp CC é o novo aplicativo lançado para iPad como parte da família Creative Cloud. Apresentado pela primeira vez com o nome de Project LayUP na Conferência de Criatividade Adobe MAX em outubro de 2014, o app permite criar de forma simplificada e rápida layouts de alta fidelidade. 

Com usabilidade baseada em gestos intuitivos, cada ação toma o tempo de um ou dois toques e nada mais. 

compartilhe

Em sua essência, é uma ferramenta para brainstorm, que busca recriar aqueles primeiros estágios do design feitos com papel e caneta. Seus recursos facilitam a integração do arquivo “rascunho” com programas como InDesign, Photoshop e Illustrator, e até permite que a finaliziação do layout ocorra por ali mesmo. 

“Existe uma demanda não atendida para o momento de brainstorm dos criativos e designers. Com dispositivos móveis e sensíveis ao toque, você tem a oportunidade de conseguir o melhor dos dois mundos – tanto da tecnologia quanto do papel/caneta” disse o VP da Adobe, Scott Belsky, para a Wired. De fato, com o Comp você poderá criar tão rápido quanto faria no papel, podendo descartar ou aprofundar ideias facilmente. Além disso, inclui acesso completo às fontes Typekit e possibilita armazenamento online de até 2GB – o que para um app gratuito é significativo. 

Formatos disponíveis

Formatos disponíveis

Typekit e estilos

Typekit e estilos

Padrões de gestos

Padrões de gestos

Usabilidade intuitiva

Como ilustra a imagem acima, a usabilidade do app foi totalmente baseada em gestos intuitivos e simples, no lugar de clicar em pequenos botões. Por exemplo, dependendo das configurações, você poderá desenhar um quadrado, e Comp saberá que se trata de caixa de texto ou imagem. Ou, desenhar um retângulo, que automaticamente se transformará em uma caixa de título. Ou seja, cada ação toma o tempo de um ou dois toques e nada mais.

adobecomp-gif3 adobecomp-gif2 adobecomp-gif1

Conectividade e integração

Ao completar a ideia, wireframe ou composição no Comp, é possível exportá-la aos outros programas Adobe para finalização e maiores acabamentos. O arquivo gerado – Compound Document Format (CFD) – será transformado em vetor, com todas as layers intactas e precisão de pixel. Esse novo formato CFD é leve e acompanha a linguagem universal da Adobe, compatível com todos os seus programas.

Além de exportar, o app também permite importar qualquer tipo de arquivo criado nas outras ferramentas do Creative Cloud e que permitam usar o Adobe ID. Por exemplo, se você se logar com seu login da Adobe no app Paper, poderá salvar seus arquivos para serem abertos posteriomente no Comp

adobecomp-5

Opções de exportação

Com esse novo lançamento da Adobe, é nítida a movimentação da empresa para aumentar seu papel no fluxo de trabalho do designer. Afinal, suas famosas ferramentas são essencias durante os estágios de execução, porém são fixas, feitas para desktop. Já Comp é móvel e se descreve ideal para quem está em movimento ou precisa ser produtivo enquanto fora do ambiente do trabalho – por exemplo, sentado num café ou esperando no aeroporto. 

A tentativa da Adobe em materializar essa “criatividade conectada” abraça não apenas uma execução de qualidade, mas também o que as origens papel/caneta significam e adicionam no design. Com tantos apps tendo essa missão no mercado, a conversão do fluxo de trabalho para tablets e smartphones parece cada vez mais natural.

Adobe Comp CC está disponível de graça para iPad.

Compartilhe: