AntiCastB9

O AntiCast mudou de casa!

Obrigado, B9!

por Anticast

O AntiCast começou em 2011, fundado por mim (Ivan Mizanzuk), Rafael Ancara e Marcos Beccari, como um podcast focado em design, comunicação e cultura através de um forte viés crítico.

Em 2013, recebemos o convite para integrar o B9 (na época, ainda era Brainstorm9), e tudo mudou. Nossa audiência cresceu, nossos interesses também. Fomos o segundo podcast a integrar a casa, ao lado do Braincast, quando ainda sequer falava-se muito em redes de podcasts.

E se por um lado o AntiCast parou de falar de design, a essência de se promover um debate aprofundado e crítico se manteve. Nos dedicamos em temas que consideramos de suma importância, especialmente questões sociais, políticas e históricas.

Com essa expansão de interesses, também vimos a necessidade de aumentarmos a variedade de programas. Um podcast só era pouco. Foi daí que nasceu inicialmente o Não Obstante, focado em Filosofia e comandado pelo Marcos Beccari.

Então, criamos nosso Patreon, onde nossos queridos ouvintes puderam contribuir mensalmente, com a quantia que podiam, para que pudéssemos aumentar ainda mais os horizontes. Graças a ele, veio o Três Páginas, comandado por mim, com análises literárias de textos produzidos por ouvintes. Não demorou muito, também lancei o Projeto Humanos, com um formato storytelling ainda pouco explorado no Brasil, trazendo histórias de narrativas pessoais importantes neste poderoso meio que é o áudio.

E o Patreon também gerou um outro filho, quase que de forma espontânea: o É Pau É Pedra, podcast comandado e gerido pelos nossos patrões, com uma variedade de temas riquíssima e num modelo de gestão colaborativa que é de se invejar.

Com tanto conteúdo sendo produzido, faltava ainda algum espaço dedicado a voltar às raízes do AntiCast. Foi então que nasceu o Visual+Mente, comandado pelo Rafael Ancara, com discussões sobre o mundo do design.

Ao todo, seis podcasts. Quase sem querer, o AntiCast deixou de ser apenas um programa e virou uma rede de programas. E como uma, ele precisava de uma casa nova.

E é por isso que a partir de hoje, dia 27 de Julho de 2016, o AntiCast não publicará mais seus programas no B9.

Temos agora nosso uma nova identidade visual (essa da imagem do post), uma nova identidade sonora e o mais importante: um site próprio, com uma estrutura que atende melhor as nossas propostas e necessidades. O endereço é simples: anticast.com.br.

O programa desta semana, chamado Vigilância e Segurança: a sua Privacidade Online, já está postado lá. Se você é assinante do nosso feed, não se preocupe: nada mudou para você. O feed continua o mesmo e provavelmente ele já está baixado no seu celular. Se você quiser saber mais sobre a proposta do novo site e essa nova fase, recomendo que escute, pois eu explico na introdução.

Enfim, no site novo concentramos todos os podcasts citados, e temos o prazer de contar dois novos integrantes que tem tudo a ver com a filosofia do AntiCast:
• o Salvo Melhor Juízo, comandado pelo fantástico Thiago Hansen (que já participou de AntiCasts), um dos melhores podcasts sobre Direito, com discussões aprofundadas, didáticas e acessíveis ao grande público;
• o Feito por Elas, vencedor do concurso Seja o Próximo Podcast do AntiCast. Comandado por Angélica Hellish e Isabel Wittmann, duas cinéfilas de alto nível, dedica-se em falar sobre cineastas mulheres que são tantas vezes ignoradas pela crítica (e pela própria história do cinema).

Além disso, teremos também a volta do Três Páginas, desta vez sob o comando de Fábio Fernandes e Clara Madrigano, que manterão a proposta de realizar análises literárias de textos enviados pelos ouvintes.

Aos poucos, nós vamos inserir os programas antigos no site novo. Por enquanto, vocês continuam tendo acesso a eles aqui pelo B9, pelos nossos perfis do Soundcloud ou pelo feed. Vai demorar um pouco para deixar a casa totalmente em ordem, e sem dúvidas há coisas que temos que melhorar no site novo. Mas é tipo aquele momento em que você sai da casa dos pais, vai morar sozinho e se alimenta apenas de miojo por algum tempo: pode ter alguns problemas, mas é muito legal.

_____

Nestes anos de B9, aprendemos muito. Vimos uma família inteira de podcasts excelentes crescer, e é doido pensar que, de alguma forma, nós ajudamos a pavimentar esse caminho. Agradecemos imensamente a todos que nos receberam, nos ouviram, conversaram conosco, enfim, foi do caralho.

Vida longa ao Braincast, ao Mamilos, Código Aberto, Mupoca, Spoilers Talk Show, Zing!, Save Game (volta, Corraini?), Pouco Pixel, Caixa de Histórias e todos os outros que ainda virão. O B9 possui a melhor rede de podcasts do Brasil, e é um orgulho imenso ter feito parte disso tudo.

Um mundo melhor, sem dúvidas, é um mundo com mais podcasts.

Obrigado, B9!

Ivan Mizanzuk, o (e)Ditador.

Compartilhe: