COI proíbe imprensa de produzir GIFs dos jogos olímpicos

Cuidado com o processinho

por Rafael de Almeida

Se não bastasse a regra da Delegação Americana de proibir empresas de utilizarem a hashtag #Rio2016 em suas publicações, agora o aviso é ainda mais sério e contempla GIFs. Isso mesmo, os queridos GIFs que a internet tanto ama não poderão ser criados ou publicados por veículos de imprensa, de acordo com o Comitê Olímpico Internacional.

Um documento recebido pelo The Verge contém o aviso do Comitê Olímpico Internacional que em resumo diz que “o uso de material Olímpico transformado em gráficos animados como GIFs, GFY, WebM ou vídeos curtos como Vines e relacionados são expressamente proibidos.”

Enquanto todos se esforçam para oferecer uma cobertura cada vez mais próxima do público, o órgão regulador do evento literalmente caga regras que impedem não só o trabalho como retrocede todo o esforço de levar conteúdo em novos formatos para a audiência.

Compartilhe: