Pepino e Abacaxi viram péssimos celulares em campanha contra aparelhos piratas

Propaganda da Abinee quer coibir a compra de celulares falsificados

por Rafael Silva

A Abinee, associação que engloba as fabricantes de celulares no Brasil, entrou na luta contra a venda de aparelhos falsificados no país. Numa nova campanha que começou essa semana, a associação lembra que comprar esse tipo de aparelho pirata é como comprar um pepino ou um abacaxi. Veja acima.

Usando de bom-humor, as propagandas mostram um vendedor fazendo a demonstração do que o Pepino Phone tem de melhor (no caso, pior), como por exemplo a bateria que esquenta demais e o vírus já embutido. Ao final do vídeo, vemos também uma paródia dos anúncios das fabricantes de smartphones, que mostram o celular flutuando, aberto e destacam suas funcionalidades em letras garrafais.

Além do Pepino Phone, também foi criado para a campanha um segundo vídeo, que mostra o modelo Abacaxi Phone. Ele é igualmente inútil e repleto de não-funcionalidades. Veja abaixo.

No site da campanha, intitulada “Celular Pirata Não”, a Abinee também diz como os consumidores podem se proteger antes da compra, comprando em lojas confiáveis e verificando a homologação do aparelho na Anatel.

A criação é da Ogilvy Brasil com produção da Hungry Man.

Compartilhe: