Clicky

★ Faça ou não faça. Tentativa não há!

★ Faça ou não faça. Tentativa não há!

Empresas buscam ouvir mais os consumidores para entregar o que eles buscam

Em parceria com

Se você clicou nesse texto pensando ser mais um sobre a saga Star Wars, desculpe-me desapontar, nobre Jedi, mas você se enganou. Mas, vamos lá: abra a sua mente. A Força, acredite, está com você!

A frase do título do sábio mestre Yoda pode ser usada em várias situações. Não é só um drop de sabedoria sobre como lidar com a Força: muitas empresas, pode apostar, estão utilizando essa máxima para se orientar num mercado cada vez mais concorrido, em que marcas surgem e desaparecem a todo momento.

Por isso, hoje, elas estão abertas a ouvir os seus consumidores. Não numa mera tentativa de escuta, mas ouvindo de fato o que desejam e buscam nos produtos. Dessa forma, as empresas entregam valor e garantem um relacionamento duradouro, no qual os consumidores se sentem respeitados e criam laços emocionais com as marcas no longo prazo.

Mau pressentimento

Algumas empresas até tentam escutar o que os seus consumidores dizem, mas acabam esbarrando em problemas que tornam impossível estabelecer uma conexão com o público. Algumas acabam, simplesmente, ignorando as constantes sugestões e reclamações. Inevitavelmente, acabando pagando caro pela negligência.

Existem empresas que trocam os pés pelas mãos: retiram do catálogo, por exemplo, produtos queridos pelo público e ignoram demandas por determinados itens. Isso é uma armadilha: desvaloriza o consumidor moderno, que quer se sentir parte do processo de criação e fazer a diferença.

Ajude-me B.blend, você é minha única esperança!

Felizmente, na contramão dessa prática, existem empresas que prezam pela opinião dos seus consumidores. A B.blend, a primeira plataforma de bebidas em cápsula all.in.one do mundo, uma joint venture entre Whirpool e Ambev, é um bom exemplo. A tecnologia inovadora da marca agrada aos consumidores que buscam praticidade e conveniência.

Co-criação 101 para iniciantes

Em constante diálogo com o público, a B.blend procura sempre ouvir os consumidores, seja pelos canais oficiais do SAC ou pelas mídias sociais. As redes sociais, aliás, são grandes aliadas para as empresas ouvirem o que seus clientes pensam e desejam.

Falando em novidades, a B.blend lançou recentemente mais de dez diferentes novos sabores de bebidas em cápsulas. Inclusive, no final de 2017 e início de 2018, a marca está programado o lançamento de três sabores.

Quais? Aguarde, caro Jedi.

Equilibre os dois lados da Força

O processo de co-criação não é, simplesmente, atender às vontades dos clientes. Mas, é avaliar o que os eles querem e o que, de fato, se adequa à essência da empresa: à sua missão e aos seus valores. Co-criação é ouvir as pessoas e fazer com que elas se sintam incluídas no processo de elaboração dos seus produtos favoritos.

É equilibrar os dois lados da Força.

Ela está do nosso lado.

Compartilhe: