Assistente do Google vai compensar pessimismo do noticiário compartilhando “boas notícias”

Ainda em fase experimental, recurso estará disponível para dispositivos dos Estados Unidos mas não tem previsão de chegada no Brasil

por Matheus Fiore

Em anúncio feito em seu blog oficial, o Google afirmou que utilizará seu assistente de voz para compartilhar boas notícias. A empresa diz que, pelo fato de estarmos sempre diante de desastres e tragédias que nos entristecem, às vezes podemos esquecer a quantidade de coisas boas que acontecem no mundo. Por isso, a Assistente do Google passará a compartilhar algumas dessas “boas notícias” caso o usuário diga “Ei, Google, diga-me algo bom”. As notícias serão variadas, desde a descoberta de água num planeta remoto ou a cura de uma doença até coisas mais rotineiras.

“É um novo recurso experimental para usuários do Google AdWords nos Estados Unidos que fornece sua dose diária de boas notícias. Basta dizer ‘Ei, Google, diga-me algo bom’ para receber um breve resumo de notícias sobre pessoas que estão resolvendo problemas para nossas comunidades e nosso mundo”, disse a publicação. “Não é para ser uma solução mágica. Mas é uma experiência que vale a pena tentar porque é uma informação que pode trazer algo de bom para o seu dia. Dê uma chance ao ‘Diga-me Algo Bom’ utilizando qualquer dispositivo habilitado para o Assistente, incluindo seu smartphone, o Smart Display ou o Google Home.

Se mal utilizado, o “diga-me algo bom” poderia facilmente se transformar num mecanismo de alienação; a escolha de manter as notícias boas acessíveis pelo comando de voz, porém, faz com que o recurso pareça mais com uma brincadeira, como um refúgio para dias cansativos e intensos e com acesso por um meio bem diferente do das notícias dos principais veículos de mídia. Infelizmente, não há informações ou previsões sobre a chegada do “diga-me algo bom” no Brasil.

Compartilhe: