Clicky

As incríveis projeções usando “mapping”

11.nov.2010

Eu estava com o artigo no gatilho quando o Merigo escreveu sobre os lançamentos da Ralph Lauren feitos em Londres e Nova York usando o que eles chamaram de projeção 4D. Vou aproveitar o gancho.

Há algum tempo eu acompanho e estava esperando o momento em que essa nova tecnologia de projeção sobre objetos arquitetônicos, que se popularizou na Europa, começasse a ser usada em ações publicitárias. Foi o caso no Rio de Janeiro em meados de outubro, onde a figura já clichê do Cristo Redentor serviu de tela para uma projeção em tamanho real (video no final).

As projeções, ou 3D mappings, aproveitam modelos computadorizados dos objetos onde são feitas e técnicas visuais para criar ilusões que confundem a realidade usando luz, cor e sombra. Os resultados são muito bonitos, imagino que sejam ainda mais impactantes ao vivo.

Segundo a definição da Wikipedia, a coisa é bem séria e exige técnica. Uma projeção que, particularmente, me chamou a atenção foi essa feita para comemorar o aniversário de 600 anos de uma antiga torre em Praga. A realização é dos designers da Macula.

Mais um exemplo:

Segundo o MMOnline, no Rio, a ação faz parte da campanha “Carinho de Verdade” para o Sesi. Solicitada pela agência Agnelo Pacheco à produtora Casanova de Brasília, terá continuidade em agora novembro.

Comente