x
12.nov.2013

Panono, uma bola feita com 36 câmeras

Ao ser jogada para o alto, a invenção fotografa panorâmicas como nenhuma outra

Há dois anos, Jonas Pfeil postou um vídeo no Youtube sobre uma bola que ele havia criado, feita de diversas câmeras integradas. Com aparência de brinquedo  pegada DIY, a invenção rendeu ao vídeo milhares de visualizações. Desde então, Pfeil esteve trabalhando nela, para que virasse um produto real.

Funcionando de forma intuitiva, para fotografar, tudo o que precisa ser feito é jogar a bola para cima.

compartilhe

Esse momento chegou. Pfeil e seu time estão lançando hoje o produto via campanha no Indiegogo. A bola ganhou o nome de Panono e é um pouco maior e mais pesada do que uma bola de softball.

A Panono foi feita para ser arremessada para cima, onde automaticamente detecta o pico do seu voo e simultaneamente captura imagens em cada uma das 36 câmeras que possui. Sua estrutura de plástico foi feita para aguentar cair no chão sem quebrar, caso o usuário não consiga pegar a bola.

panonoball-4

Via Bluetooth, a bola envia suas fotos para um aplicativo de iOS ou Android. Em vez de navegar pelas fotos com os dedos, o app encoraja o usuário a girar o dispositivo a sua volta, permitindo que explore a imagem panorâmica criada por inteira e espacialmente.

As fotos também são compartilháveis online, em uma interface similar ao do Google Street View. Confira os demos aqui e aqui.

panonoball-3
panonoball-2

Panono pede $900.000 em sua campanha de financiamento coletivo, para que o produto se torne realidade para todos. Cada bola custará $599, mas estão disponíveis por $499 via Indiegogo, se o projeto vingar. Esperamos que sim!

Também no B9

Comente