Clicky

No Brasil, páginas de notícias são mais curtidas que páginas de marcas

No Brasil, páginas de notícias são mais curtidas que páginas de marcas

Dados do relatório Mídias Sociais 360°, realizado pela Faap em parceria com a Socialbakers

por Jacqueline Lafloufa

Desde meados do ano passado, a Faap, em parceria com a Socialbakers, mantém o relatório Mídias Sociais 360°, que mostra o desempenho dos 100 principais canais brasileiros no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube a cada trimestre.

Na edição de janeiro, que refere aos 3 meses finais de 2014, o relatório mostrou que houve um crescimento de interesse por páginas do segmento de mídia e notícias, que ultrapassaram os mais de 2,45 milhões de fãs, mais do que os 2,41 milhões que acompanham páginas de marca ou institucionais.

Influenciado pela Black Friday ocorrida em novembro, o setor de e-commerce também teve destaque, tendo o maior crescimento em número de interações, saindo de mais 43 mil no estudo anterior para mais fácil 265 mil no último trimestre de 2014.

midias-sociais-360-janeiro-2015

A tendência de aumento de audiência também refletiu no número de seguidores do Twitter, com destaque especial para usuários comuns e celebridades, que somaram bem mais seguidores do que as marcas (224 mil+ versus 18 mil+, respectivamente).

Em questão de tempo de resposta ou interação no Facebok, as marcas estão cada vez mais velozes – respondem, em média, em 5 minutos. Já no Twitter, a espera pode ser maior – em média, 7 horas e 13 minutos.

Sobre YouTube e Instagram, a pesquisa destaca um aumento no número médio de visualizações dos vídeos, que chegou a 132 mil, e a preferência por postagem de fotografias sem filtro, que somam hoje 89,7% das postagens feitas por brasileiros na rede social de fotografia.

A edição de janeiro do Mídias Sociais 360°, bem como edições anteriores, podem ser conferidas no site da Faap.

Compartilhe: