Clicky

Google usa balões para devolver internet e telefone para Porto Rico

Iniciativa da empresa procurar reparar danos causados pelo furacão Maria

10.out.2017

Para ajudar milhões de porto-riquenhos e moradores das Ilhas Virgens afetados pelo furacão Maria em setembro, Google recebeu uma licença da Comissão Federal de Comunicações (em inglês, Federal Communications Commission – FCC) para levar os balões do seu Projeto Loon que são capazes de transmitir sinais de telefonia, o que devolveria internet e serviço telefônico móvel para a região. Se o plano der certo, isso poderá ajudar que milhares de familiares e amigos possam restabelecer o contato perdido desde o desastre, e também contribuiria para que houvesse uma intensificação na ajuda humanitária de outros países para os moradores das regiões atingidas. Google pretende atuar com o serviço até abril de 2018. Por enquanto, não há estimativas do começo dos trabalhos.



Não é a primeira vez que a equipe do Google enviam o projeto para cobrir um desastre: os balões deram cobertura aos peruanos depois que enchentes prejudicaram a conectividade local e também já houve testes da iniciativa na França, Brasil, Nova Zelândia, Indonésia e Sri Lanka. Entretanto, no Peru o problema era mais simples porque o Google já contava com uma rede de parceiros bem-estabelecida para atuarem juntos em situação de desastre, então já havia uma estrutura pronta para trabalhar em conjunto com os balões.

Por enquanto, não há nenhuma parceria estabelecida entre Google e o Projeto Loon com as empresas telefônicas locais de Porto Rico, mas a expectativa é que isso não demore a acontecer. Em declaração ao site Engadget, representantes do Alphabet X Lab, iniciativa do Google de onde surgiu o projeto de balões, afirmaram a necessidade da parceria com as empresas locais para que os balões tenham sucesso em sua missão: “Para levar sinal aos dispositivos das pessoas, Loon precisa estar integrado com uma rede de telefonia parceira – os balões não podem trabalhar sozinhos. Nós estamos fazendo sólidos progressos nesse sentido e gostaríamos de agradecer a qualquer um que já está disposto a dar uma ajuda”, declararam.

O Projeto Loon usa sua rede de balões em alturas de quase 20 mil metros no ar para receber sinais terrestres de empresas de telefonia parceiras, enviando-os para os usuários de celulares. De acordo com o site Mashable, o líder do projeto peruano disse que os balões já enviaram 160 GB de dados em voos que já cobriram uma área equivalente à extensão da Suíça, “dados suficientes para enviar e receber cerca de 30 milhões de mensagens do WhatsApp, ou 2 milhões de e-mails”, disse para o site.

Comente