Clicky

Segundo o IBGE, há mais pessoas vendo filmes na internet do que utilizando TV a cabo

Segundo o IBGE, há mais pessoas vendo filmes na internet do que utilizando TV a cabo

A esmagadora dos brasileiros possuem televisão em casa e estão usando a rede, mas apenas 32% assinam TV a cabo

por Matheus Fiore

Os últimos dez anos representaram uma verdadeira revolução na forma de consumir entretenimento. A chegada de serviços de internet mais eficientes e a popularização de ferramentas de download e streaming de filmes e séries, por exemplo, alavancaram o consumo de internet por parte dos jovens.

É natural, portanto, que aos poucos a TV a cabo perca espaço. Ela não vai necessariamente desaparecer, mas é inevitável que divida espaço com serviços de conteúdo personalizável. Afinal, por que assistir apenas ao que sua TV oferece quando você tem escolhas praticamente infinitas na internet?

De acordo com o IBGE, esse crescimento do streaming e das diferentes formas de download tem impactado diretamente nos hábitos de consumo dos brasileiros. Segundo um levantamento da divisão de pesquisa de tecnologia da informação e comunicação do instituto, 81,8% dos brasileiros que estão conectados utilizam a internet para assistir a filmes, séries e vídeos. Esse número representa um crescimento de 7,2% em relação a 2016.

Em contrapartida, o número de assinantes de televisão por assinatura vem caindo vertiginosamente. De 2016 para 2017, a mesma pesquisa apontou que 1,5 milhões de brasileiros desistiram de assinar o serviço. De uma população de 200 milhões de brasileiros, 96,6% possuem uma televisão em casa, mas apenas 32,8% mantém um serviço de TV a cabo.

É inegável que a ascensão de serviços de streaming como Netflix, Amazon Prime Video, YouTube, Google Filmes e até mesmo Globoplay e YouTube influenciam nesse lento abandono do modelo de assinatura a cabo.

Compartilhe: