Apple promete baixar preços de iPhone em alguns países

Empresa "percebeu" que os preços do aparelho em alguns países é absurdo, mas só após a queda em sua receita no último trimestre

por Soraia Alves

A Apple parece ter percebido que os preços de seus modelos de iPhone fora dos Estados Unidos são absurdos. Mas o motivo “da ficha cair” não é exatamente um olhar bondoso da empresa para as economias internacionais, e sim a queda em sua receita no último trimestre.

Em entrevista à Reuters, Tim Cook, CEO da Apple, afirmou que a empresa reduzirá os preços do iPhone nos mercados em que as moedas locais se enfraqueceram em relação ao dólar. “Como chegamos em janeiro e avaliamos a condição macroeconômica em alguns desses mercados, decidimos voltar a algo proporcional ao que os nossos preços locais eram há um ano na esperança de ajudar as vendas nessas regiões”, diz Cook.

É claro que uma parte da diferença de preço está nos impostos aplicados pelo mercado de cada país, mas a Apple também trabalha com custos adicionais de distribuição fora dos Estados Unidos. De qualquer forma, a verdade é que os preços de iPhone são muito alto, como os brasileiros bem sabem.

Além do Brasil, outros lugares sentem esses preços absurdos. O iPhone XS, por exemplo, sai por US$ 1.760,00 o Reino Unido, um total de US$ 413,00 mais caro que nos EUA.

A Apple não informou quais países de fato terão reduzidos os valores do iPhone. Ainda assim, estaremos de olho, principalmente para ver como funcionará essa nova política com os próximos lançamentos da empresa em setembro.

Compartilhe: