Super Bowl 2019: Com curta dirigido por Ridley Scott, Turkish Airlines celebra Istambul

Com trama de mistério, companhia aérea valoriza a capital turca e ostenta o novo aeroporto internacional inaugurado na cidade

por Carlos Merigo

Já tradicionalmente presente no Super Bowl, quase sempre com a participação de celebridades, a Turkish Airlines apresentou este ano mais do que um comercial de 60 segundos.

O intervalo do jogo serviu “apenas” como chamada para um curta-metragem de 6 minutos, dirigido por Ridley Scott. É a primeira campanha da companhia área que conta com uma personalidade atrás das cameras, e não na frente.

Intitulado “The Journey”, o filme traz uma história de mistério, com uma mulher que tenta descobrir quem fez um desenho seu durante uma viagem de avião.

A busca por essa identidade é a desculpa ideal para a Turkish Airlines mostrar diversas paisagens e localizações de Istambul, celebrando a história e um olhar cosmopolita e moderno sobre a capital da Turquia. Além disso, o comercial ostenta também o controverso novo aeroporto internacional da cidade, inaugurado no fim do ano passado.

Com ambição de ser o maior do mundo – a capacidade estimada é de receber cerca de 200 milhões de passageiros por ano – a obra que custou mais de 10 bilhões de euros foi denunciada pelas condições de trabalho dos operários e dos riscos ambientais. Tudo devidamente ignorado pelo presidente turco Recep Tayyip Erdogan, é claro.

A criação da campanha ficou por conta da agência Anomaly.

> Confira a cobertura completa do B9 no Super Bowl

Compartilhe: