Milhões de bots e contas falsas são deletadas do Instagram, mas limpeza pode não ter sido proposital

Diversos usuários reportaram uma perda agressiva de seguidores nas últimas horas, incluindo em contas de celebridades como Selena Gomez e Ariana Grande

por Pedro Strazza

Que o Instagram tem um problema notável com bots e contas falsas todo mundo já sabe. Além de já ter confirmado que tem muita dificuldade em controlar a presença de perfis que vendem seguidores nas redes, a plataforma de fotos e vídeos desde novembro vem aplicando uma nova e mais rigorosa política contra os perfis automatizados, buscando impedir o fenômeno de popularidade fake se dissemine pela rede social.

Nas últimas horas, porém, a empresa parece ter tomado medidas drásticas para acabar com a farra dos bots em sua plataforma. Na madrugada desta quarta-feira (13), diversos usuários do Instagram relataram em outros sites (especialmente no Twitter) uma queda drástica do número de seguidores de suas contas. O fenômeno, pelo visto, também atingiu celebridades como as cantoras Selena Gomez e Ariana Grande, que viram sua comunidade reduzir em 2 e 3 milhões de usuários, respectivamente.

A ação, em teoria, foi consequência de uma limpa feita pela própria plataforma, que deletou milhões de contas às quais considerava “não-autênticas”, incluindo aí perfis falsos, bots e mesmo conta inativas. Mas ainda que faça muito sentido que milhões de seguidores sumam numa medida destas, o próprio Instagram confundiu um pouco as coisas ao lançar o comunicado no Twitter abaixo, avisando que estava ciente de um “problema que está causando mudanças nos números de seguidores” e que estaria “trabalhando para resolver o mais rápido possível” a situação.

Agora resta saber se o plano de extinção mais agressivo de bots e fakes da plataforma pode ou não ter acarretado em algum tipo de bug para o aplicativo. Fique atento ao B9 para novas informações sobre o caso.

Compartilhe: