Prefeitura de São Paulo faz campanha por Carnaval sem assédio

Prefeitura da cidade quer "colocar na rua" os blocos segurança, limpeza, civilidade e alegria com responsabilidade

por Soraia Alves

Com a ideia de “colocar seus blocos na rua”, a Prefeitura de São Paulo foca sua campanha para o Carnaval 2019 nos “blocos” segurança, limpeza, civilidade e alegria com responsabilidade.

A campanha criada pela nova/sb alerta as mais de 5 milhões de pessoas que devem participar do Carnaval de rua da cidade, que terá 516 blocos, 556 desfiles e 320 trajetos – a maior quantidade de desfiles da história de São Paulo.

“A campanha mostra que com o trabalho dos ‘blocos’ da Prefeitura, os foliões também podem colocar seu bloco na rua com tranquilidade”, explica o VP Nacional de Criação, Átila Francucci.

A campanha terá uma forte presença nas redes sociais e nas plataformas online mais usadas pelo público mais jovem. Os alertas serão exibidos em formatos animados, em carrossel e stories.

Entre as plataformas que terão conteúdo especial está o Tinder, que exibirá mensagens exclusivas sobre assédio. Já os aplicativos de mobilidade mostrarão alertas sobre os perigos de consumir álcool e dirigir. No Waze e SPTaxi aparecerão mensagens para deixar o carro em casa durante a festa. Já o Spotify terá alertas de conscientização sobre o preconceito e civilidade em display, áudio e vídeo.

Compartilhe: