Netflix promete remover trechos de tragédia real de “Bird Box”

Depois de muita pressão do Canadá, empresa pede desculpas e promete tirar do filme as cenas reais do acidente ferroviário de Lac-Mégantic

por Soraia Alves

No começo do ano, a Netflix fez um pedido público de desculpas por ter usado imagens reais do desastre ferroviário de Lac-Mégantic em “Bird Box”. Na época, a empresa disse que não poderia fazer alterações no conteúdo, já que o filme estava finalizado, mas a decisão mudou.

Segundo um porta-voz da Netflix, a empresa e os cineastas de “Bird Box” decidiram substituir as imagens: “Pedimos desculpas por qualquer dor causada à comunidade Lac-Mégantic”, disse a plataforma de streaming.

A mudança vem depois de muita pressão externa, principalmente da comunidade canadense, que não aceitou o uso de imagens reais do desastre ferroviário de 2013, o qual provocou a morte de 47 pessoas na cidade de Lac-Mégantic, quando um trem de carga de 74 vagões transportando petróleo descarrilou, resultando numa grande explosão. Dezenas de casas e prédios ao redor também tiveram que ser demolidos, afetando profundamente a cidade.

Para a atual prefeita de Lac-Mégantic, Julie Morin, houve um considerável atraso na decisão da Netflix, mas o importante é que a empresa “chegou à conclusão de que a situação era significativa o suficiente para ser resolvida”.

Espera-se que a substituição das filmagens em todo o mundo aconteça nas próximas semanas.

Compartilhe: