United Airlines permitirá que clientes se identifiquem de forma não-binária ao reservar seus voos

Além do “Mr.” e do “Ms.”, plataforma da companhia aérea agora contará com a opção “Mx.” para identificar o gênero

por Pedro Strazza

A United Airlines anunciou hoje (22) que vai criar uma nova opção de identificação de gênero em suas passagens aéreas para aqueles que não se sentem confortáveis com o sistema binário masculino-feminino. Agora, além do “Mr.” e do “Ms.”, haverá também a possibilidade de escolher o “Mx.” no site da companhia aérea.

De acordo com o USA Today, a medida será implantada pouco tempo depois das duas maiores entidades de voos comerciais, a Airlines for America (A4A) e a Air Transport Association (ATA) anunciarem um novo padrão de práticas empresariais no meio que contemple o público de identificação não-binária. A sugestão emitida pelas organizações, porém, se limitava ao acréscimo da opção “não especificado” nas passagens, o que sugere que a United Airlines decidiu por conta própria abraçar a denominação “Mx.” – a United, aliás, é a primeira a atender às demandas da A4A e da ATA.

O anúncio logicamente representa um passo muito importante para a população LGBTQ+ ao redor do mundo, em específico transexuais e aqueles que não se relacionam com as definições binárias de gênero. Segundo a United, a denominação foi escolhida depois de sucessivas reuniões com a Human Rights Campaign e o The Trevor Project para chegar a uma classificação que melhor atendesse todos os públicos incluídos.

Compartilhe: