“Capitã Marvel” é o 1° filme de super-herói estrelado por uma mulher a fazer um bilhão de dólares na bilheteria

E a galera do “quem lacra não lucra” segue se frustrando

por Pedro Strazza

“Capitã Marvel” segue calando a boca do povo preconceituoso. Depois de se tornar a maior bilheteria de estreia de um filme protagonizado por uma mulher, o mais recente capítulo do universo cinematográfico da Marvel é agora, pouco menos de um mês depois de seu lançamento, o mais novo membro do “clube do bilhão”, a lista de produções cinematográficas a alcançar a marca de um bilhão de dólares na bilheteria mundial. 38° longa a conquistar o feito, o projeto estrelado por Brie Larson é o primeiro filme de super-herói protagonizado por uma mulher a entrar na lista.

A aventura comandada por Ryan Fleck e Anna Boden entrou pra lista no último dia 2 de abril, depois de fazer nada menos que 358 milhões de dólares nos Estados Unidos e 645 milhões ao redor do globo. Larson celebrou o feito em sua conta no Instagram, agradecendo aos fãs pelo sucesso do filme.

Dentro do gênero de super-heróis, o projeto é apenas o décimo primeiro a chegar ao bilhão, sendo o sexto produzido pela Marvel Studios: além dele, o estúdio comandado por Kevin Feige já tinha emplacado na lista “Vingadores: Guerra Infinita”, “Os Vingadores”, “Vingadores: A Era de Ultron”, “Pantera Negra”, “Homem de Ferro 3” e “Capitão América: Guerra Civil”. Completam a seção “Os Incríveis 2” (que também é da Disney), “O Cavaleiro das Trevas”, “O Cavaleiro das Trevas Ressurge” e “Aquaman”. “Capitã Marvel” é também o primeiro longa de 2019 a ultrapassar a marca.

A dúvida, agora, é saber se o filme conseguirá alcançar o valor de 1,5 bilhão nas próximas semanas que precedem “Vingadores: Ultimato”, quando o número de salas do longa deve se reduzir consideravelmente.

Compartilhe: