Amazon entra na corrida para criar internet super veloz à base de satélites

Com o nome Kuiper Systems LLC, projeto será cuidado pela Blue Origin de Jeff Bezos e é a forma da Amazon entrar na nova corrida espacial

por Matheus Fiore

A Amazon entrou com a documentação necessária para que o governo dos Estados Unidos aprove o lançamento de 3236 satélites ao redor do mundo. O projeto tem o nome Kuiper Systems LLC, e tem como objetivo prover uma internet super-veloz, superior a qualquer serviço oferecido hoje no mercado.

Há outras grandes empresas trabalhando em projetos parecidos. Como lembra o TechCrunch, tanto o Facebook quanto o SpaceX também estão na corrida. “O projeto Kuiper é uma nova iniciativa de lançar uma constelação de satélites que proverão uma conectividade de alta qualidade para regiões carentes ou isoladas ao redor do mundo” disse a Amazon em uma declaração.

“Esse é um projeto a longo-prazo que tem como visão servir dezenas de milhões de pessoas, que ainda carecem de coisas básicas, como o acesso a uma internet eficiente. Estamos ansiosos para formar parcerias com as empresas que possuem a mesma visão”, completa um porta-voz no texto.

Hoje, 3,8 bilhões de pessoas não possuem acesso a internet, algo muito distante da realidade de países da Europa e dos Estados Unidos. Essa “comercialização” do espaço, portanto, pode ser a porta de entrada para uma transformação que permitirá pessoas de todo o mundo terem acesso a informação, conhecimento e, principalmente, voz.

O projeto da Amazon utilizará os serviços de uma empresa do próprio CEO, Jeff Bezos, a Blue Origin, que cuidará tanto do design quanto do desenvolvimento dos veículos que colocarão os satélites em órbita.

Compartilhe: