Temos a primeira foto de um buraco negro da História

Registro só foi possível graças à coordenação de oito radiotelescópios ao redor do mundo, que captaram toda a imensidão de um buraco negro localizado a 55 milhões de anos-luz da Terra

por Pedro Strazza

A equipe do Telescópio Event Horizon divulgou hoje ao mundo a primeira foto oficial de um buraco negro da História da humanidade. O fenômeno espacial é tido como um dos itens mais enigmáticos do universo, o que faz do registro fotográfico uma verdadeira revolução no campo da astronomia.

A imagem no caso apresenta uma auréola de poeira e gás que circunscreve um buraco negro localizado a 55 milhões de anos-luz da Terra, na galáxia de Messier 87. Este entorno é chamado pelos cientistas de disco de acreção e tem como função alimentar constantemente o buraco negro de qualquer tipo de energia.

Impossível de ser registrado por motivos óbvios (ele suga qualquer luz e matéria, é bom lembrar), o buraco negro apresentado tem cerca de 40 bilhões de quilômetros de diâmetro, o que é cerca de 3 milhões de vezes o tamanho da Terra. Confira abaixo:

De acordo com o time do Event Horizon – uma rede de oito rádiotelescópios espalhados por locais como a Antártida, a Espanha e o Chile e composta de mais de 200 pesquisadores – o registro foi alcançado depois de se alinhar todos os equipamentos das equipes ao redor do globo, criando na prática um rádiotelescópio do tamanho de um planeta. Agora, é esperado que a foto permita aos cientistas criar novas conclusões sobre o fenômeno espacial – o que deve alimentar toda uma grande onda de pesquisas sobre o tema.

Você pode acompanhar a coletiva de imprensa do anúncio da foto aqui.

Compartilhe: