cosmeticos-testes-animais

China anuncia fim de testes da indústria de cosméticos em animais

Governo chinês ainda exigia que todas as empresas do país testassem produtos em animais, mas nova legislação entra em vigor até 2020

por Soraia Alves

O governo chinês finalmente aprovou uma nova legislação para a indústria de cosméticos do país, colocando fim nos testes em animais que, até hoje, são obrigatórios.

Por lei, a China ainda exige que todos os cosméticos fabricados no país passem por testes em animais antes de serem comercializados. Mas, segundo comunicado do Instituto de Ciências In Vitro (IIVS), o governo aprovou nove métodos que não envolvem testes em animais, e que deverão entrar em vigor até 2020.

Ainda de acordo com o comunicado, as empresas que não seguirem a nova regulamentação serão multadas.

O IIVS trabalhou em parceria com a Associação Nacional de Produtos Médicos da China (NMPA) para conseguir a mudança. Não foi fácil e nem rápido, mas finalmente as autoridades chinesas se convenceram que não precisam obrigar as empresas a usarem animais nesse processo.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link