Vendas do “Whooper vegetariano” do Burger King aumentam capital da Impossible Foods em US$ 300 milhões

Com investimento de estrelas como Bill Gates, Jay-Z e Serena Williams, fabricante de hambúrgueres vegetarianos conta agora com um capital de cerca de 750 milhões de dólares

por Pedro Strazza

Já faz pouco mais de um mês que o Burger King anunciou ao mundo a criação do Impossible Whopper, uma edição limitada de seu celebrado sanduíche que era nada mais que a sua versão vegetariana. Produzido em parceria com a startup Impossible Foods, o prato que substituía a carne por outra criado com base em elementos vegetais foi vendido em todo o território dos Estados Unidos ao longo do último mês e aparentemente fez tamanho sucesso no país a ponto de colocar o McDonald’s numa posição acuada.

Em meio a tudo isso, quem se deu muito bem em toda esta história foi a própria Impossible Foods, que levantou mais de 300 milhões de dólares em investimentos depois da parceria com o BK. A startup praticamente dobrou seu capital para 750 milhões de dólares, uma posição que lhe é bastante vantajosa na briga que nutre no momento com a rival Beyond Meat pelo topo do mercado de substitutos vegetais de carne. E esta concorrência é pesada: tendo recentemente aberto seu capital na bolsa de valores, a Beyond chegou a ter seus ganhos orçados em 3 bilhões de dólares por analistas de mercado.

Mas ainda que a rival seja agora uma empresa de capital aberto e ela mesma tenha chances de alcançar um valor ainda maior no mercado, a Impossible Foods a princípio não tem planos de tomar a mesma medida. “Nós acreditamos em autoconfiança. Estar preparada para ir a público é uma prioridade para a companhia porque nós precisamos estar operando no maior nível de rigor. Mas nós estamos com pressa” afirmou o CFO da startup David Lee em entrevista à Reuters.

Entre seus principais investidores, a Impossible Foods conta hoje com nomes como a Khosla Ventures, a Temasek e até mesmo Bill Gates, além de ter ganhado apoio financeiro de estrelas do porte de Jay-Z, Katy Perry e Will.i.am – que inclusive participaram do Met Gala com referências visuais aos hambúrgueres vegetarianos da empresa – e esportistas como Serena Williams e Paul George.

O plano da startup agora é expandir o alcance de seus produtos no segundo semestre deste ano. É uma ação importante, dado que enquanto a Beyond Meat já conta com parcerias com redes varejistas importantes como a Whole Foods e que a distribuidora de carne Tyson Foods pretende manter uma posição neste mercado com o lançamento de alimentos do tipo nos Estados Unidos.

Compartilhe: