George R.R. Martin aprovou o final de “Game of Thrones”

Autor também admite que está atrasado, mas que terminará o tão esperado "The Winds of Winter"

por Soraia Alves

O criador de “Game of Thrones”, George R.R. Martin, não está no time de pessoas que achou o final da série desagradável. O escritor publicou em seu blog pessoal, chamado Not a Blog, que é difícil acreditar que a série acabou, e que embora esteja trabalhando em um caminho diferente do seguido por David Benioff e Dan Weiss, o final da história na TV não foi ruim.

Na postagem, Martin agradece ao elenco, à equipe, aos showrunners David e Dan,a o co-produtor executivo Bryan Cogman, e toda a equipe da HBO, e falou sobre as diferentes das obras:

“Eu estou trabalhando em um meio muito diferente do que David e Dan, nunca esqueça. Eles tinham seis horas para esta temporada final. Eu espero que esses dois últimos livros preencham 3000 páginas de manuscritos antes de eu terminar … e se mais páginas, capítulos e cenas forem necessários, eu os adicionarei. E, claro, o efeito borboleta também funcionará; aqueles de vocês que seguem este Not A Blog saberão que eu tenho falado sobre isso desde a primeira temporada. Há personagens que nunca apareceram na tela, e outros que morreram no programa, mas ainda vivem nos livros… Então, além de tudo, os leitores vão saber o que aconteceu com Jeyne Poole, Senhora Coração de Pedra, Penny e seu porco, Skahaz Shavepate, Arianne Martell, Darkstar, Victarion Greyjoy, Ser Garlan the Gallant, Aegon VI, e vários outros personagens grandes e pequenos que espectadores da série nunca tiveram a chance de conhecer. E sim, terão unicórnios… de certa maneira…

Martin também admite que está atrasado, mas que terminará o tão esperado “The Winds of Winter”, mas sem revelar detalhes.

Mas, talvez o livro não chegue tão cedo. O escritor fez questão de lembrar os leitores que ele ainda está muito ocupado desenvolvendo 5 programas na HBO: “ Como produtor, eu tenho cinco séries em desenvolvimento na HBO (algumas não tem nada a ver com o mundo de Westeros), duas no Hulu e uma no History Channel”.

Só nos resta continuar esperando…

Compartilhe: