Nos Estados Unidos, Uber testa delivery de fast food via drones

Apesar da promessa, entregar serão feitas em uma espécie de "zona de pouso" e não exatamente na porta do cliente

por Soraia Alves

A Uber vai finalmente começar um teste para entregas feitas com drones. Há tempos a empresa tem trabalhado nos planos de oferecer um delivery de fast food por drone, mas o projeto já passou por alterações consideráveis antes mesmo de ser testado.

Segundo o Bloomberg, inicialmente o programa será testado na cidade de San Diego e, diferente do que constava nos primeiros escopos do projeto, as entregas não serão feitas nas casas dos clientes. Em vez disso, os pedidos serão enviados para “zonas seguras de aterrissagem designadas”, nas quais funcionários da empresada Uber descarregarão o pacote manualmente e o levarão até a porta do cliente. Ou seja: não vai ter drone na porta do cliente, não.

Para o início das atividades, a Uber vai trabalhar com o McDonald’s, oferecendo pacotes especiais de entrega que mantêm os hambúrgueres e batatas fritas quentes e intactos durante os voos.

Segundo o chefe de projetos aéreos da Uber, Eric Allison, o investimento da empresa em novos modelos de delivery é consequência do sucesso do Uber Eats, que só no ano passado aumentou a receita da Uber em quase 150%.

Os custos de uma entrega feita via drone serão quase os mesmos que os já cobrados pela Uber, o que em San Diego fica em torno de US$ 8,50.

Compartilhe: