Spotify descobre o rádio em playlist que combina músicas e podcasts para motoristas

“Daily Drive” será a primeira playlist da plataforma a ter sua composição continuamente renovada durante o dia, fornecendo novos episódios de programas de jornais como o Wall Street Journal e o NPR

por Pedro Strazza

Não tem sido poucos os investimentos do Spotify na área de podcasts. Desde a compra da Gimlet e do Anchor em fevereiro, o serviço de streaming já fez todo tipo de negócio para se tornar a principal plataforma do meio, desde a aquisição de estúdios a acordo com os Obama para a produção de conteúdos exclusivos. Isso passa também pela disponibilização de novas ferramentas de edição e playlists especiais feitas só de podcasts.

É no campo das playlists, inclusive, que o serviço agora inaugura uma nova modalidade que contempla os podcasts, uma que é dedicada àqueles que todo dia tiram o carro da garagem para trabalhar. O Spotify lançou hoje (12) nos Estados Unidos a “Your Daily Drive”, uma lista de faixas concebidas especialmente para motoristas que engloba músicas e programas de áudio em igual parcimônia.

A playlist já havia sido flagrada em testes no começo de maio, mas agora deve ser aos poucos introduzida oficialmente em todos os países onde o Spotify atua. Podendo ser acessada por qualquer um – seja motorista ou não – a playlist traz além das canções favoritas do usuário algumas novidades e episódios de alguns podcasts de notícias, fornecidos por grandes veículos como o The Wall Street Journal, o NPR e a Public Radio International.

Sim, é o que você está pensando: o Spotify descobriu o rádio.

Como é de se esperar, a “Daily Drive” não segue o formato tradicional de atualização da plataforma e tem sua lista renovada durante o dia, providenciando uma nova seleção de faixas conforme as horas vão passando. É uma jogada e tanto para o Spotify, dado que o máximo de renovação acelerada que a empresa nutria com suas playlists até então eram as “Daily Mixes” que providenciavam novas listas em caráter diário.

A “Daily Drive” também chega cerca de um mês depois da empresa anunciar seu primeiro projeto de coleta de dados, o “Car Thing” que justamente estuda o comportamento de consumo dos usuários quando ouvindo música no carro. Poderia o futuro da companhia morar nos carros?

Compartilhe: