Cannes Lions 2019 tem a menor participação brasileira desde 2010

Cannes Lions 2019 tem a menor participação brasileira desde 2010

Festival tem edição menor que nos anos anteriores, com 21% de inscrições a menos que em 2018

por Soraia Alves

A 66ª edição do Festival Internacional de Criatividade de Cannes será um pouco mais modesta que as edições anteriores, inclusive em relação à participação brasileira no evento.

Com 21% de inscrições a menos que no ano passado, Cannes Lions 2019registrou uma redução total de 4,4% no número de concorrentes, e menos de 1,8% são de peças brasileiras.

Em 2018, o Brasil já havia reduzido sua participação no evento em 29%, mas com o número de 2019 essa é a menor presença do país no festival desde 2010.

Algumas competições tiveram quedas significativas nas inscrições, como Entertainment (-34%), Sustainable Development Goals e Social & Influencer (-25% cada), e Health & Wellness (-20%). Já as duas novas competições Creative Strategy e Entertainment for Sport receberam um bom número de inscrições, mesmo que iniciando esse ano.

É claro que o evento ainda tem números expressivos. São mais de 30 mil inscrições de trabalhos representando 89 países, mas 1.419 peças a menos que em 2018, sendo a edição com menor número de concorrentes desde 2012.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link