Cannes Lions 2019: A experiência de ser júri no maior festival de criatividade do mundo

Um relato sobre como é fazer parte de um dos comitês que decide as campanhas e ações publicitárias mais criativas do ano

por Lucas Duque

Julgar no Cannes Lions é uma experiência incrível. Única. Inevitável lembrar do início de tudo, há dezessete anos, quando fui abduzido pela publicidade. Logo eu, que só queria fazer músicas pra comerciais porque me daria fôlego para os projetos pessoais. Risos nervosos.

Voltando ao festival: estou no segundo dia de julgamento e posso garantir que Entertaiment Lions for Music tem muita coisa boa. Muita coisa feita com muita grana, algumas sem, e 99% das inscrições são incríveis. Sem falar das pessoas que encontrei nesse júri. Quanta gente interessante e interessada. Disposta a ouvir seus argumentos e colocá-los-em perspectiva. Gente de todas as partes do mundo, com diferentes backgrounds, completamente apaixonados por música. Cada um a sua maneira. É clichê, eu sei, mas é lindo.

Nem acredito que amanhã já é o último dia de julgamento, com debates mais acalorados e defesas fervorosas. Prometo voltar aqui pra falar um pouco mais dos vencedores, dos destaques desse júri e de detalhes que vocês não querem saber e eu também nem posso falar.

Até já!

Compartilhe: