national-geographic-apollo11

National Geographic começa um Live-Tweeting da missão Apollo 11

Para acompanhar os tweets, basta seguir a conta oficial da National Geographic - @NatGeo

por Soraia Alves

Em comemoração aos 50 anos da missão Apollo 11, a National Geographic começou um Live-Tweeting para recriar a jornada do homem à Lua como se houvesse Twitter naquela época.

O conteúdo dos tweets refletirá as transcrições da NASA sobre o que estava naqueles exatos momentos.

Segundo a vice-presidente de desenvolvimento de audiência da National Geographic, Kate Coughlin, a iniciativa pretende educar e engajar os usuários do Twitter: “Essa ideia específica de ‘twittar ao vivo’ a missão da Apollo 11 como se estivesse acontecendo em tempo real, surgiu de seis a sete meses atrás por um de nossos escritores de ciência. Ele sugeriu que seria uma maneira divertida de reviver e comemorar o pouso na lua, e não poderíamos concordar mais. Depois, passamos pelos registros históricos da missão da NASA, vasculhando suas bibliotecas de fotos e vídeos, além do conteúdo do Arquivo Nacional”, explica.

Coughlin disse que a iniciativa foi desenvolvida exclusivamente pela National Geographic, com apoio da NASA. As imagens usadas no projeto vieram da biblioteca pública da NASA, do National Archives e das listas de domínio público ou de uso gratuito na Nat Geo Image Collection.

Para acompanhar os tweets, basta seguir a conta oficial da National Geographic @NatGeo. Já a hashtag geral usada para marcar o aniversário da chegada do homem à Lua é #Apollo50th.

Compartilhe: