Airbnb celebra recorde de 4 milhões de hóspedes espalhados pelo mundo em uma só noite

Noite de 10 de agosto foi a mais movimentada da história da plataforma, criada em 2008

por Soraia Alves

No dia 10 de agosto, mais de 4 milhões de pessoas dormiram em acomodações alugadas pelo Airbnb ao redor do mundo. Essa foi a noite mais movimentada da história da plataforma, criada em 2008.

O crescimento do Airbnb – que, em 2018, gerou um impacto econômico direto de R$ 7,7 bilhões só no Brasil – tem contribuído para promover o turismo responsável, democratizando o acesso às viagens e servindo como alternativa de renda extra para milhões de pessoas.

Segundo a empresa, hoje o Airbnb tem mais de 6 milhões de anúncios em mais de 100 mil cidades. Deste total, quase mil localidades têm mais de mil anúncios na plataforma. Na prática, aproximadamente seis hóspedes fazem check-in em uma acomodação do Airbnb a cada segundo.

Com isso, cidades como Londres e Paris agora representam uma fração muito menor da comunidade de anfitriões do Airbnb. Em 2011, 40% de todas as chegadas de hóspedes do Airbnb ocorreram nas 10 maiores cidades atendidas pela plataforma. Já neste ano, cerca de 92% de todas as chegadas de hóspedes ocorreram fora das 10 maiores, com grande parte do crescimento impulsionado pela crescente procura de viagens para lugares da América Latina, África e Ásia-Pacífico.

Índice de Conexões

Para ajudar a entender melhor sua comunidade global de anfitriões, o Airbnb criou o Índice de Conexões, que reflete a combinação de países e regiões entre anfitriões e hóspedes.

Por exemplo, se um hóspede da Argentina foi o primeiro a ficar com um anfitrião no Canadá, uma nova conexão foi feita entre Argentina e Canadá. E, por sua vez, se um hóspede canadense foi o primeiro a ficar com um anfitrião na Argentina, outra nova conexão foi feita, do Canadá para a Argentina.

Em 245 países e regiões no mundo inteiro, é matematicamente possível que haja 60.025 conexões de lugar para lugar. O Brasil ocupa o 11º lugar no Índice de Conexões. Anfitriões brasileiros já receberam viajantes de 207 países; ao mesmo tempo, os brasileiros que viajam para fora já colocaram os pés em 203 nações diferentes.

O ranking é liderado pelos Estados Unidos, que acolheu hóspedes de 242 países e teve americanos presentes em 235 nações.

Todos os dias, uma média de oito novas conexões entre diferentes países e regiões são feitas no Airbnb. A expectativa é chegar a mais de 30.013 conexões até o final de 2019, superando 50 mil conexões até 2027.

Compartilhe: