Fundador do Twitter, Jack Dorsey tem conta hackeada… no Twitter

Perfil oficial do executivo foi invadido por grupo de extrema-direita durante quinze minutos

por Pedro Strazza

2019 não está fácil para ninguém, e isso inclui até mesmo Jack Dorsey. Um dos fundadores e atual CEO do Twitter, o executivo viu sua conta oficial na plataforma ser hackeada na tarde desta sexta-feira, 30 de agosto.

Pelo que dá a entender a hashtag subida pelos hackers, a autoria do ataque cabe a um grupo que se denomina “Chuckling Squad”, que aproveitou a ocasião para inundar o perfil do criador do site com todo tipo de publicação, incluindo aí links para um grupo no Discord e textos racistas – compartilhou-se até uma conta afirmando que “a Alemanha nazista não tinha feito nada de errado”. Confira abaixo todo o material lançado pelo grupo no ataque.

O hackeamento não demorou muito para ser derrubado pelos administradores do site. Em menos de quinze minutos, todos os tuítes compartilhados e escritos pelo grupo foram deletados pelo Twitter, mas não antes que alguns fossem retuitados até três mil vezes pela comunidade.

Além do humor implícito no fato, a invasão da conta de Dorsey por grupos de extrema-direita não deixa de ser um tanto irônica se considerar que o Twitter nos últimos tempos tem sido alvo de críticas pela alta permissividade dada a estes grupos na plataforma. Apesar do debate sobre a questão, porém, a empresa de fato tem criado medidas para combater a intolerância no site, com algumas inclusive já reverberando positivamente para a companhia.

Compartilhe: