Xiaomi diz que já vendeu mais de 100 milhões de smartphones na Índia

Empresa se adequou ao mercado indiano e bateu recorde de vendas no significante mercado de smartphones que mais cresce no mundo

por Soraia Alves

A Xiaomi divulgou hoje, 06/09, que já vendeu mais de 100 milhões de smartphones na Índia, seu mercado mais importante, desde o início das operações no país há 5 anos.

A empresa citou dados da empresa de pesquisa IDC, reafirmando sua posição de principal fornecedora de smartphones na Índia há oito trimestres consecutivos.

A Índia é o mercado de smartphones que mais cresce no mundo e, atualmente, o segundo maior mercado. Sabendo disso, a Xiaomi aderiu estritamente ao mercado consciente do orçamento ao qual deveria se adequar – a maioria dos aparelhos na Índia não ultrapassa o valor de US$ 200,00.

A empresa diz que nunca obtém mais de 5% de lucro em qualquer produto de hardware que vende no país.

Em um comunicado, Manu Jain, vice-presidente da Xiaomi e MD dos negócios da empresa na Índia, disse que o marco da empresa hoje “é uma prova do amor que recebemos de milhões de fãs do Mi desde o início. Houve marcas que entraram no mercado antes de nós, mas não chegam nem perto do feito surpreendente que alcançamos”.

O feito é realmente notável para a Xiaomi, que opera em dezenas de outros mercados, incluindo o Brasil. No ano passado, a empresa vendeu 100 milhões de aparelhos em cerca de 10 meses em todo o mundo, contando com o mercado indiano, o que já havia sido um recorde para a empresa.

Compartilhe: