Uber vai investir US$ 200 milhões para expandir serviço de caminhões

Uber Freight também ganhará novo quartel-general em Chicago, onde deve chegar a quatro mil funcionários nos próximos três anos

por Pedro Strazza

O Uber confirmou hoje (9) que irá investir 200 milhões de dólares e contratar uma nova leva de engenheiros para ampliar e aprimorar o seu serviço de caminhões que lançou em 2017. Intitulado Uber Freight, o empreendimento será movido para um escritório recém-aberto pela companhia em Chicago e contará com o envolvimento de até dois mil funcionários nos próximos três anos.

A plataforma Freight, no caso, foi concebida para facilitar as conexões entre motoristas de caminhão e entregadoras, num formato que é parecido ao consagrado pela empresa no aplicativo principal – como o Uber Eats e a Jump, ele na verdade é uma variação do serviço para uma categoria específica de serviço. Não deixa de ser uma área típica, até porque nos últimos anos a demanda por caminhões caiu em mercados chave como os Estados Unidos.

A aposta também é consideravelmente alta da parte da empresa, em especial depois dos relatórios do último trimestre indicarem que o Uber enquanto negócio registrou prejuízo de 5,3 bilhões de dólares e diminuiu mais uma vez sua curva de crescimento.

O Freights, porém, está rendendo resultados à empresa-mãe. “Nós vemos crescimento em toda região dos Estados Unidos. Uma vez que você os está servindo, a arrecadação dos entregadores apenas sobe conforme nós nos aprofundamos na rede.” afirma o presidente do serviço Lior Ron ao The Verge, acrescentando que a companhia vem agremiando novos usuários graças a medidas como o programa de descontos, que desde o ano passado traz motoristas novos graças a valores mais baratos em itens como abastecimento e pneus.

Compartilhe: