Ex-funcionário do Yahoo invadiu seis mil contas em busca de conteúdo sexual

Alvos eram jovens mulheres, incluindo amigas e ex-colegas de trabalho do invasor

por Matheus Fiore

Durante um julgamento, um ex-engenheiro do Yahoo admitiu ser culpado por invadir quase seis mil contas de usuários da empresa. Reyes Daniel Ruiz afirmou no tribunal ter cometido tal crime em busca de fotos e vídeos com conteúdo sexual, uma procura que teria sido facilitada pelo fato dele ter acesso à rede interna para crackear todas as senhas necessárias.

De acordo com o Engadget, Ruiz não só invadiu e visualizou o conteúdo encontrado, mas também baixou e salvou tudo em um drive pessoal que guardou em sua casa. O foco das invasões foi um conjunto de contas de jovens mulheres, incluindo ex-colegas de trabalho e amigos do próprio engenheiro.

Ruiz trabalhou na gigante da internet por mais de dez anos. Utilizando e-mails do cadastro Yahoo, Ruiz conseguiu invadir contas como Apple iCloud, Facebook, Gmail e DropBox. Para chegar às contas, Ruiz entrou no e-mail e, posteriormente, requisitou uma nova senha na central de ajuda dos serviços invadidos.

O caso levanta mais uma vez a importante discussão sobre segurança na internet. Desde casos como o divulgado por Edward Snowden e o da Cambridge Analytica, a população americana passou a se preocupar muito mais com a possibilidade de empresas invadindo seu espaço pessoal sem seu consentimento. Mesmo que o Yahoo não seja diretamente responsável, o fato de Ruiz ter ficado dez anos na empresa e tendo acesso livre às contas dos usuários certamente fará com que muitos olhem diferente para uma marca que já não vive seus melhores dias.

Compartilhe: