Comercial da Skittles para o Halloween mostra que adolescentes são o maior terror das bruxas

Anúncio inverte história de João e Maria para fazer a bruxa se arrepender de ter oferecido Skittles para sua vítima

por Pedro Strazza

A Skittles em 2019 está voltando a produzir um comercial para a temporada de Halloween depois de cinco anos de intervalo, e a peça que a marca de doces resolveu inventar para se promover durante a “época da bruxa” é uma combinação das mais inusitadas entre uma releitura de “João e Maria” com o ridículo insuportável que a empresa busca usar como divulgação.

Isso porque a ideia de “Witch” basicamente envolve criar um final diferente para o eterno conto de fadas, imaginando um cenário onde a bruxa afim de jantar as crianças teria que lidar com um adolescente – e para seu desespero, ele está tranquilo em virar comida desde que tenha acesso irrestrito a Skittles. E pelo visto nenhuma bruxa aguenta lidar com o porre que é o jovem contemporâneo… confira acima o vídeo na íntegra.

Criado pela DDB Chicago, o comercial dirigido por Bjorn Ruhmann conta com umas piadinhas divertidas na hora de promover o slogan “Annoy the Rainbow”. Além de contar novamente com o ator Matty Cardarople (que muitos devem conhecer agora como o dono da locadora de “Stranger Things”), o comercial conta com o momento inusitado de fabricar um outro anúncio da marca que também conta com uma bruxa fritando um garotinho depois de oferecê-lo Skittles e, como a peça é completamente fictícia, fazer o personagem ridicularizar o próprio “histórico” da marca na publicidade.

De acordo com o diretor criativo da agência Nathaniel Lawlor, a ideia foi justamente de inverter o mito e fazer da vítima uma espécie de grande vilão maior: “As ideias da Skittles estão sempre enraizadas na subversão de coisas familiares, tornando-as em algo deliciosamente inesperado.” escreve o executivo no anúncio da peça, onde ainda acrescenta que a marca cuidadosamente “modernizou” a personagem da bruxa com itens como tênis de velcro e um pote metálico para surpreender o público.

Compartilhe: