Facebook anuncia novidades no Messenger para Dia Mundial da Saúde Mental

Facebook anuncia novidades no Messenger para Dia Mundial da Saúde Mental

Empresa cria figurinhas e filtros de câmera que incentivam conversa para usuários inseguros sobre condições mentais

por Matheus Fiore

Esta quinta-feira, dia 10 de outubro, é marcada como o Dia Mundial da Saúde Mental, uma comemoração instituída em 1992 pela Federação Mundial da Saúde para falar sobre temas relacionados a saúde mental e remover os tabus que permeiam esses tópicos.

Nos últimos anos, as redes sociais têm se engajado em aprimorar suas plataformas para se tornar mais benéficas para a saúde mental. Podemos mencionar, por exemplo, a remoção do contador de curtidas do Instagram, que foi feita para reduzir a competitividade entre usuários. Agora, a última novidade relacionada à saúde mental e redes sociais é do Facebook, que implementou algumas novidades em seu app de mensagens, o Messenger.

De acordo com o Mashable, o Messenger ganhará algumas novas ferramentas exclusivas incluindo um filtro de câmera chamado “Vamos Conversar”, no qual usuários poderão utilizar enquanto conversam com amigos que podem estar precisando de ajuda, mas relutantes em pedir. O filtro também estará disponível no Stories do Facebook, e funcionará durante toda a semana seguinte ao Dia Mundial da Saúde Mental.

Outra novidade é um pacote de figurinhas que dizem coisas como “escutando” e “fale comigo”, projetados para serem utilizados em conversas privadas e garantir que as pessoas sintam-se ouvidas e compreendidas.

Antigone Davis, chefe global de segurança do Facebook, comentou as novidades afirmando que “As pessoas usam redes sociais e troca de mensagens de maneiras diferentes. Algumas são públicas, outras, privadas. Nós queríamos criar uma oportunidade de as pessoas superarem a insegurança de falar sobre saúde mental”.

Para cada figurinha utilizada, o Facebook doará $1 dólar para uma organização focada em saúde mental. Algumas das organizações beneficiadas serão a Trevor Project e a Crisis Text Line.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link