U.S. President Donald Trump holds a campaign rally in Minneapolis
Imagem: U.S. President Donald Trump holds a campaign rally in Minneapolis, Minnesota, U.S., October 10, 2019. REUTERS/Leah Millis TPX IMAGES OF THE DAY

Na preparação para as eleições presidenciais de 2020, eis que Donald Trump entra para o Twitch

Conta chega a 50 mil seguidores em menos de um dia e com apenas uma transmissão

por Matheus Fiore

Na atual década, o Twitch se consolidou como principal plataforma da internet para transmissões ao vivo. Ao longo do tempo, concorrentes como o Periscope surgiram , hoje, gigantes como o Facebook e o YouTube rivalizam com o Twitch, que permanece sendo a principal rede social a oferecer o serviço.

Nunca imaginaríamos, porém, que o presidente dos Estados Unidos Donald Trump entraria na plataforma. Isso não tem nada a ver com o Twitch em si, porém, mas com o fato da empresa pertencer a Jeff Bezos, dono da Amazon e pessoa por quem o atual chefe de Estado não nutre sentimentos muito nobres.

Como lembra o TheNexWeb, Trump não é o primeiro político americano com desavenças com Bezos a entrar no Twitch: o democrata Bernie Sanders também está na rede social desde agosto.

O uso do Twitch sugere que Trump esteja tentando um diálogo mais direto com um público jovem, que é quem predominantemente utiliza o Twitch. No Brasil, por exemplo, a plataforma é a favorita de criadores de conteúdos gamers para fazer transmissões ao vivo enquanto jogam.

Ontem, Trump tinha apenas 135 seguidores e havia feito uma simples transmissão de um evento em Minneapolis. Hoje, porém, sua conta já passou da marca de 50 mil seguidores – 54.910, para ser exato e na hora de publicação desta nota. Caso continue crescendo, não é difícil imaginar que o canal se torne uma das principais formas de o presidente americano se pronunciar com o público, principalmente quando estiver em busca de conquistar os mais jovens.

Não é difícil imaginar também que Donald Trump esteja pensando na plataforma como um forte braço para sua campanha presidencial em 2020. Apesar de estar mal nas pesquisas, Trump se esforçará para ser reeleito, e construir um diálogo com o eleitorado por meio do uso de o maior número de plataformas digitais possíveis, certamente o ajudará.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link