Com Mona Lisa 3D, Louvre cria sua primeira experiência em Realidade Virtual

Experiência é parte da maior exposição de obras de Leonardo da Vinci já montada

por Soraia Alves

Em homenagem ao 500º aniversário da morte de Leonardo da Vinci, o Museu do Louvre inaugura a sua primeira experiência em Realidade Virtual.

Em parceria com a HTC VIVE arts e o estúdio Emissive, a ação “Mona Lisa: Beyond the Glass” usa dados de infravermelho, raio-x e refração para renderizar o retrato icônico em 3D e colocar a Mona Lisa em movimento.

A experiência é arte da maior exposição de obras de Leonardo da Vinci já montada, e que está em exibição no Hall Napoléon, no Louvre, até o dia 24 de fevereiro de 2020. O objetivo é democratizar o acesso às experiências artísticas, compartilhando detalhes do retrato através da RV.

A ação também permite que o público seja, de certa forma, transportado para dentro da paisagem da pintura, revelando detalhes invisíveis a olho nu, além de fornecer informações sobre as técnicas usadas por da Vinci na obra.

A HTC montou uma sala de exibição especial com 11 fones VR que ilustram, por exemplo, como a dama da pintura, Lisa Gherardini, não estava com os cabelos soltos, como muitos acreditam, e sim com um véu e alguns cachos perdidos.

Compartilhe: