Com batalha “batata x peru”, Greenpeace destaca o impacto do consumo de carne no desmatamento

Em tom de comédia, vídeo explica a ligação entre o consumo de peru e o desmatamento nas florestas tropicais da América do Sul

por Soraia Alves

O comercial de Natal do Greenpeace no Reino Unido traz uma batalha de comédia stand-up entre uma batata e um peru, dois famosos ingredientes da ceia de Natal da região.

Criado pela agência Nice and Serious, o anúncio destaca o impacto que o consumo de carne durante o período festivo tem no desmatamento. A batata é interpretada pela comediante Annie McGrath, enquanto o peru é interpretado pelo também comediante e roteirista Jack Jack. Tudo vai bem até que a batata expõe um segredinho do concorrente, explicando o impacto do consumo de peru no desmatamento de florestas tropicais na América do Sul.

Segundo o Greenpeace, 90% da soja importada pela Europa é usada para alimentação de animais e 2/3 da soja do Reino Unido são importados da América do Sul, sendo assim, uma das principais causas de desmatamento por aqui. “Mais da metade da soja que usamos no Reino Unido é fornecida para aves. O Greenpeace do Reino Unido estima que seria necessária uma área do tamanho de Glasgow para cultivar soja suficiente para engordar os 10 milhões de perus que os britânicos comem todo Natal”, explica a ONG.

Chiara Vitali, ativista florestal do Greenpeace do Reino Unido ainda ressalta que “todos nós podemos optar por comer menos carne”, especialmente buscando por alternativas à base de plantas.

Compartilhe: