cover-instagram2

Instagram agora vai mandar notificação quando achar que você está usando uma linguagem muito agressiva

Plataforma também confirmou que ferramenta que "restringe" acesso de bullys a usuário entrará em período de testes nos próximos dias

por Pedro Strazza

O Instagram divulgou hoje uma nova leva de atualizações que busca melhorar ainda mais o combate contra o bullying virtual em sua plataforma. Entre as medidas anunciadas no blog oficial da companhia, a que mais se destaca certamente é o recurso que permite à rede social notificar o usuário quando considera que um dos títulos usados em sua publicação pode “ser considerado ofensivo” a outros, dando-lhe a opção de reconsiderar o post.

Criada a partir de uma inteligência artificial, a função é descrita pelo presidente da plataforma Adam Mosseri como “uma chance das pessoas refletirem e desfazerem um comentário e prevenir o recipiente de receber uma notificação dolorosa em forma de comentário”. O executivo também diz que o recurso tem efeito considerável nos usuários, que muitas vezes retrabalham o conteúdo para não machucar ou ofender colegas involuntariamente.

Outra ferramenta confirmada pela empresa no blog é o Restrict, que depois de anunciada em outubro enfim deve entrar em período de testes para algumas contas nos próximos dias. Como bem diz o nome, a função “restringe” o acesso da conta restringida às notificações do indivíduo, incluindo aí tornar invisível seus comentários para e impedindo que ele veja se o dono da publicação está ativo na plataforma. O recurso foi criado após o Instagram ouvir de muitos usuários jovens que eles se recusavam a deixar de seguir, bloquear e reportar bullys para não piorar a situação na vida real.

Esta duas novidades são apenas mais um capítulo na já longa sequência de medidas do Instagram para desintoxicar sua plataforma do bullying. Planos já acontecem desde outubro do ano passado, quando a companhia começou testes com a tecnologia de inteligência artificial para detectar práticas do tipo em publicações.

Compartilhe: