cover-facebook4

Facebook revela os assuntos que foram tendência entre os brasileiros durante o ano

Dois temas foram destaque: atividades ligadas ao “faça você mesmo” e assuntos sobre os Anos 80

por Soraia Alves

O Facebook lança a terceira edição do relatório de tendências que reúne os assuntos que ganharam a atenção no Facebook entre 2018 e 2019, separados por 14 países, incluindo o Brasil. Essa é a primeira vez que o país integra o relatório.

Os tópicos apresentam os principais interesses e conversas-chave que revelam o comportamento, expectativas e atitudes das pessoas. As conversas abrangeram temas de diversas áreas como Arte e Design, Beleza e Moda, Entretenimento, Comida e Bebida, Mente e Corpo e Viagem e Lazer.

No Brasil, dois temas foram destaque: atividades ligadas ao “faça você mesmo” e assuntos sobre os Anos 80.

Faça você mesmo!

Para o Facebook, a cultura do “faça você mesmo” está se popularizando no Brasil. O relatório revela que as conversas sobre o assunto com uma participação de 51% de mulheres e 49% de homens. Os jovens de 18 a 34 anos foram responsáveis por 29% das conversas ligadas à cultura do “faça você mesmo”, já os adultos de 35 a 54 anos lideraram 60% dessas conversas.

O termo “protótipo” associado a cultura maker foi usado por 33% das mulheres e 67% dos homens.

De volta aos Anos 80

A década de 1980 também é uma tendência no Brasil, principalmente entre os jovens nascidos no final dos anos 90. Para a empresa, isso se deve graças à Internet, que tem celebrado a estética da cultura Pop dos anos 80 através de vídeos, imagens e música.

Embora sejam as plataformas digitais que estão colocando as pessoas em contato com a década, uma parte do encanto dos anos 80 é sua relativa simplicidade. As pessoas estão adotando a tecnologia vintage, recorrendo aos videogames de 8 bits e optando por tocar música em LPs e fitas cassete em vez de plataformas de streaming, além de abusarem do neon e lamés nos looks e testeiras feitas de veludo e camurça.

Dentro do cenário dos anos 80, a pesquisa mostra que assunto como “8 bits”, um dos primórdios do videogame, voltaram a ser procurados. Os temas de conversa referente ao console, por exemplo, foram lideradas por 87% dos homens e 61% dos jovens entre 18 e 34 anos.

O relatório pode servir como base para profissionais de marketing e comunicação entenderem quais são as principais discussões e interesses do momento. O documento completo pode ser conferido na íntegra aqui

Compartilhe: