naturalgasheating

Cidade nos EUA proíbe cidadãos de aquecer casas com gás natural para combater mudanças climáticas

Localizada no estado de Washington, Bellingham estuda mudança em prol do meio ambiente

por Matheus Fiore

As mudanças climáticas e o aquecimento global são um tema antigo, mas cada vez mais urgente, visto que essas transformações têm causado não só mudanças bruscas nas condições climáticas de diversos pontos do mundo, mas também o derretimento de geleiras e incêndios. Tais eventos podem comprometer cidades inteiras, já que podem fazer com que o nível do mar seja elevado e os incêndios podem tomar grandes proporções.

Apesar de haver um forte ativismo para que as principais nações do mundo tomem atitudes mais drásticas, boa parte do mundo ainda ignora as mudanças climáticas. Muito por lobby de grandes corporações, que precisam manter sua produção nos formatos atuais, mesmo que seja prejudicial para o meio ambiente. Agora, uma cidade deu um passo importante para, pelo menos na sua região, reeducar o povo e reduzir os danos ambientais causados pela humanidade.

A cidade de Bellingham, em Washington, proibiu que seus moradores utilizem gás natural para aquecer seus lares, de acordo com o The New York Times. Vale lembrar que, nos Estados Unidos, o aquecimento dos lares é algo comum pelo frio clima em boa parte do país. Muitos estados e cidades utilizam até mesmo um aquecimento central em todo o edifício.

Com a mudança, Bellingham forçará seus moradores a encontrarem novas alternativas, mantendo suas casas e apartamentos aquecidos de forma que não utilize elementos prejudiciais ao meio ambiente. A ideia já circula no conselho da cidade e pode vir a ser aprovada ainda em 2020.

Compartilhe: