Startup cria inteligência artificial que serve o colarinho perfeito de cerveja

Startup cria inteligência artificial que serve o colarinho perfeito de cerveja

Software e hardware da empresa também são capazes de manter a bebida na temperatura ideal

por Matheus Fiore

Uma startup especializada em desenvolver plataformas com inteligência artificial criou um sistema bastante peculiar, capaz de controlar o tamanho do colarinho em um recipiente que esteja sendo preenchido com cerveja.

A Pubinno, fundada em Istanbul em 2015, se mudou recentemente para São Francisco, e hoje vale entre 20 e 30 milhões de dólares. A Pubinno projeta e produz hardware e software pensados para o mundo da cerveja. Seus produtos são capazes de otimizar o uso da cerveja, reduzindo desperdício, mantendo a temperatura ideal e criando um colarinho no tamanho certo.

A empresa já atua em países como México, Espanha, Israel e Chipre, e pretende em breve penetrar nos mercados britânicos e tchecos, de acordo com a Bloomberg. No Reino Unido, em torno de 42% do consumo de cerveja vem de barris, enquanto na República Tcheca, o índice é de 38%, o que daria um enorme espaço para a Pubinno atuar nos países.

Tecnologias do tipo são interessantes de se observar pois seu sucesso depende não só do avanço tecnológicos, mas das demandas da sociedade. Houve, na última década, um crescimento na busca por cervejas de diferentes tipos e artesanais, o que implica também em um público mais exigente, que busca cervejas nas temperaturas e formatos ideais.

É interessante pensar, portanto, que uma mesma tecnologia não funcionaria há dez anos, pois não haveria um público consumidor que se preocupasse com essas demandas ao ponto de haver bares e restaurantes investindo em tais tecnologias para seus estabelecimentos.

Compartilhe: