cover-facebook

Facebook se afasta da ideia de colocar anúncios no WhatsApp, pelo menos por enquanto

Equipe que trabalhava na criação de anúncios para o aplicativo foi dissolvida nos últimos meses

por Soraia Alves

O Facebook está “se afastando” dos planos de vender anúncios para veiculação no WhatsApp. De acordo com o The Wall Street Journal, a equipe que trabalhava na criação de anúncios para o aplicativo foi dissolvida nos últimos meses, com o trabalho até então realizado sendo “excluído do código do WhatsApp”.

A publicação do TWSJ observa que o Facebook ainda busca integrar anúncios ao recurso ao status do WhatsApp, mas, por enquanto, o aplicativo permanecerá livre de anúncios. O desejo da empresa de monetizar o aplicativo, adquirido por US$ 22 bilhões em 2014, faz parte do que levou o co-fundador do WhatsApp Jan Koum a sair do Facebook em 2018. Seu colega e também co-fundador Brian Acton saiu meses antes devido a confrontos semelhantes relacionados à privacidade e publicidade direcionada. Brian, inclusive, é um crítico voraz do poder incontrolado do Facebook.

No momento, o Facebook resolveu se concentrar nos recursos do WhatsApp que “permitirão que as empresas se comuniquem com os clientes e organizem esses contatos”.

Vale ressaltar que no ano passado, Mark Zuckerberg anunciou seus planos para gradualmente se afastar de publicações públicas em favor de um sistema de mensagens criptografado e unificado no Facebook, WhatsApp e Instagram. Isso pode ser um dos desafios para a empresa, que está descobrindo como trazer anúncios para um serviço criptografado.

Compartilhe: