Facebook vai apagar posts com teorias conspiratórias e desinformação sobre coronavírus

Facebook vai apagar posts com teorias conspiratórias e desinformação sobre coronavírus

Rede social também promete intensificar busca por postagens de conteúdo falso sobre o tema que possam prejudicar os usuários

por Matheus Fiore

Diante da crise global causada pela epidemia do coronavírus, é normal (e triste) que muitos se aproveitem da situação para criar notícias falsas ou teorias conspiratórias. Pensando nisso, o Facebook afirmou que vai procurar e remover quaisquer teorias de conspiração relacionadas ao vírus.

A empresa também está se mobilizando para intensificar sua busca por conteúdo relacionado a teorias conspiratórias em geral. A ação do Facebook não é bem uma novidade. Em maio de 2019, a empresa baniu definitivamente o ativista Alex Jones por discurso de ódio e propagação de fake news. Jones, vale lembrar, criou a teoria de que o massacre escolar de Sandy Hooks nunca existiu, e que os pais das crianças mortas no atentado eram atores contratados.

“Nós também vamos começar a remover da plataforma conteúdo com falsas alegações e teorias conspiratórias que forem identificadas e denunciadas pelas principais organizações globais e autoridades locais e que possam causar mal para as pessoas que acreditarem nelas” em uma declaração oficial.

Segundo o Mashable, teorias falsas vem sendo espalhadas pela internet há alguns dias. Algumas delas afirmam até mesmo que o coronavírus é propriedade de Bill Gates e foi espalhado deliberadamente pelo fundador da Microsoft. O Facebook não é a única plataforma utilizada para isso: o TikTok também tem sido lar da divulgação de diversas fake news relacionadas à crise do coronavírus.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link