Homem utilizou 99 celulares para manipular Google Maps e criar trânsito falso

Experimento feito em Berlim precisou apenas de um carrinho de mão e quase uma centena de smartphones com GPS ligado

por Matheus Fiore

Para mostrar como algoritmos e sistemas em geral são manipuláveis, o artista Simon Weckert fez um experimento peculiar. Weckert foi a uma rua deserta de Berlim, enganou o Google Maps e fez com que o aplicativo sinalizasse que o trecho inteiro está sendo afetado por um grande engarrafamento.

No vídeo, que você pode ver abaixo, Weckert encheu um carrinho de mão com 99 celulares, todos com o GPS ativado, e andou pela rua os conduzindo no carrinho. Como resultado, o sistema do Google Maps identificou uma grande concentração de aparelhos em movimento e sinalizou, no aplicativo, que o trecho estava engarrafado.

No vídeo postado, Weckert ainda utiliza duas câmeras para mostrar que, enquanto circulava livremente pela pista, elas estavam completamente desocupadas, se não por alguns poucos carros, ciclistas e um ou outro pedestre que caminhava pelo trajeto.

Segundo seu site, o trabalho de Weckert busca contestar o valor da tecnologia. Não em valor de utilidade prática, mas da perspectiva das futura gerações. Weckert quer conscientizar as pessoas do privilégio que é viver na civilização ocidental.

O experimento chegou a ser questionado no Twitter, e um funcionário do Google Maps manifestou-se afirmando que, mesmo que não possa comprovar a veracidade do ato, é possível manipular o algoritmo de forma semelhante a que Weckert fez.

Compartilhe: