TheFarewell-Selects-7-By-Casi-Moss-Courtesy-of-A24-copyF

“The Farewell” e “Joias Brutas” são os grandes vencedores do Spirit Awards, o “Oscar” do cinema independente

"O Farol" também foi destaque na premiação, que celebrou o filme de Lulu Wang como o melhor de 2019

por Pedro Strazza

Aconteceu na noite deste sábado (8) mais uma cerimônia de entrega do Film Independent Spirit Awards, o prêmio que celebra as principais produções independentes do circuito estadunidense no ano. E em 2019 o grande vencedor foi o estúdio A24, que viu não apenas “The Farewell” levar a categoria principal da noite mas também “Joias Brutas” dominar a noite com três vitórias e “O Farol” triunfar em duas.

Além de Melhor Filme, o filme semi-autobiográfico de Lulu Wang – que ainda não tem distribuição garantida no Brasil – também rendeu à chinesa Zhao Shuzhen o prêmio de atriz coadjuvante, que ela não pode receber em pessoa por estar presa no país natal pela quarentena do coronavírus.

Já o suspense dos irmãos Safdie rapou a premiação: além dos prêmios de direção para a dupla e montagem (que foi dividido por Benny Safdie com o parceiro habitual dos cineastas, Ronald Bronstein), “Joias Brutas” também rendeu a Adam Sandler a honraria de ator. A vitória em Melhor Direção, vale acrescentar, rendeu o divertido discurso de agradecimento abaixo:

“O Farol” de Robert Eggers, por fim, saiu vencedor dos prêmios de ator coadjuvante para Willem Dafoe e fotografia.

Entre os filmes premiados pelo Spirit Awards este ano também se destaca “História de um Casamento”, que junto da já prevista honraria do Robert Altman também foi anunciado vencedor de Melhor Roteiro, e “Fora de Série”, celebrado como o grande filme de estreia na direção do ano. “Judy” e “Indústria Americana” também ganharam os prêmios de atriz e documentário, respectivamente, numa possível prévia da cerimônia do Oscar de amanhã.

Confira abaixo a lista do Spirit Awards 2020 na íntegra. Os vencedores estão em negrito.

Melhor Filme

“A Hidden Life”
“Joias Brutas”
“História de um Casamento”
“Clemency”
“The Farewell”

Melhor Diretor

Robert Eggers (“O Farol”)
Alma Har’el (“Honey Boy”)
Julius Onah (“Luce”)
Benny Safdie e Josh Safdie (“Joias Brutas”)
Lorene Scafaria (“As Golpistas”)

Melhor Filme de Estreia

“Fora de Série”
“The Last Black Man in San Francisco”
“The Climb”
“Diane”
“The Mustang”
“See You Yesterday”

Melhor Atriz

Karen Allen (“Colewell”)
Elisabeth Moss (“Her Smell”)
Mary Kay Place (“Diane”)
Alfre Woodard (“Clemency”)
Renée Zellweger (“Judy”)

Melhor Ator

Robert Pattinson (“O Farol”)
Adam Sandler (“Joias Brutas”)
Matthias Schoenaerts (“The Mustang”)
Chris Galust (“Give Me Liberty”)
Kelvin Harrison (“Luce”)

Melhor Atriz Coadjuvante

Jennifer Lopez (“As Golpistas”)
Taylor Russell (“Waves”)
Zhao Shuzhen (“The Farewell”)
Lauren “Lolo” Spencer (“Give Me Liberty”)
Octavia Spencer (“Luce”)

Melhor Ator Coadjuvante

Willem Dafoe (“O Farol”)
Noah Jupe (“Honey Boy”)
Shia LaBeouf (“Honey Boy”)
Jonathan Majors (“The Last Black Man in San Francisco”)
Wendell Pierce (“Burning Cane”)

Melhor Roteiro

“História de um Casamento”
“To Dust”
“Joias Brutas”
“Clemency”
“High Flying Bird”

Melhor Roteiro de Estreia

“See You Yesterday”
“Driveways”
“Blow the Man Down”
“Greener Grass”
“The Vast of Night”

Melhor Fotografia

“As Golpistas”
“O Farol”
“Honey Boy”
“The Third Wife”
“Midsommar: O Mal Não Espera a Noite”

Melhor Montagem

“The Third Wife”
“Joias Brutas”
“Sword of Trust”
“O Farol”
“Give Me Liberty”

Prêmio John Cassavetes

“Burning Cane”
“Colewell”
“Give Me Liberty”
“Premature”
“Wild Nights With Emily”

Prêmio Robert Altman

“História de um Casamento” (elenco, diretor e diretor de casting)

Melhor Documentário

“Honeyland”
“Apollo 11”
“Indústria Americana”
“For Sama”
“Island of the Hungry Ghosts”

Melhor Filme Internacional

“A Vida Invisível” (Brasil)
“Parasita” (Coréia do Sul)
“Retrato de uma Jovem em Chamas” (França)
“The Souvenir” (Reino Unido)
“Les Miserables” (França)
“Retablo” (Peru)

Piaget Producers Award

Mollye Asher
Krista Parris
Ryan Zacarias

Someone to Watch Award

Rashaad Ernesto Green
Ash Mayfair
Joe Talbot

Truer Than Fiction Award

“17 Blocks”
“Black Mother”
“Jabboland”
“América”

Annual Bonnie Award

Marielle Heller
Kelly Reichardt
Lulu Wang

Compartilhe: