Com patrocínio da Dove, curta de animação vencedor do Oscar ressalta importância da representatividade

Empresa afirma que viu no projeto uma forma de amplificar suas iniciativas para conscientizar sobre a importância de se sentir em paz e confiante com a própria aparência

por Soraia Alves

A relação de uma garota negra com seus cabelos é a trama central de “Hair Love”, filme criado por Matthew Cherry e produzido pela Sony Pictures Animation, com o patrocínio de Dove e que levou a estatueta do Oscar 2020 na categoria Melhor Curta-metragem de Animação.

Falando totalmente sobre a importância da representatividade, o curta também reflete o posicionamento da marca, que busca quebrar estereótipos de beleza e fortalecer a autoestima. O filme também traz pontos importantes com uma imagem positiva do pai cuidando da sua filha, o incentivo ao amor próprio e a valorização dos cabelos naturais e da beleza real.

A Dove afirma que viu no projeto uma forma de amplificar suas iniciativas para conscientizar a nova geração sobre a importância de se sentir em paz e confiante com a própria aparência. Embora “Hair Love” não tenha sido uma produção co-criada com a Dove, a marca aparece entre os patrocinadores nos créditos do curta-metragem.

Juliana Carvalho, diretora de Marketing de Dove Cabelos no Brasil, reforça a preocupação que a marca tem em trabalhar com o tema de autoestima e valorização da diversidade: “Dove tem o compromisso de transformar a maneira como as mulheres são representadas ao redor do mundo. Queremos ajudá-las serem autênticas e seguras de si para usarem os seus cabelos como quiserem”, finaliza.

Compartilhe: