Brasil é oficialmente o maior mercado da Heineken no mundo

País foi junto do Vietnã e do Camboja o mercado que mais registrou crescimento nas vendas no último ano

por Matheus Fiore

A Heineken se fortaleceu bastante no Brasil ao longo dos últimos quinze anos. Antes, nosso país era um mercado ainda pequeno para a cerveja holandesa, mas o cenário mudou bastante por vários fatores mercadológicos – tanto que, nesta quarta (12), o Brasil foi anunciado como o maior mercado da Heineken em todo o mundo.

A marca divulgou hoje um relatório de seu desempenho pelo mundo que mostra que a companhia teve um crescimento de 4,1% nas vendas globais no 4º trimestre de 2019, e destaque ficou para os crescimentos nos números do Brasil, Vietnã e Camboja. “O Brasil é agora o maior mercado mundial da Heineken e, com a adição do Reino Unido e da Nigéria, agora 12 mercados vendem mais de 100 milhões de litros da marca” informa a Heineken no comunicado oficial.

A Heineken é atualmente a segunda maior cervejaria do mundo, registrando um crescimento total de 13% no seu lucro líquido em 2019. No Brasil, a Heineken só está atrás da Ambev, que é dona de marcas comoBavaria, Eisenbahn, Baden Baden, Devassa, Schin, Glacial, No Grau e Kirin Ichiban, além da Água Schin, Schin Tônica, Skinka e os refrigerantes Itubaína, Viva Schin e FYs.

Não por acaso, o crescimento da Heineken acompanha também a popularização da Liga dos Campeões da Europa no Brasil. O maior torneio de futebol interclubes do planeta teve um crescimento notável no país ao longo dos últimos 15 anos, se tornando importante ao ponto de ter transmissões de partidas decisivas na Rede Globo. A Heineken é, assim como a marca de biscoitos Lay’s, uma das patrocinadoras oficias do evento, o que certamente ajudou na popularização de seu nome no mercado brasileiro.

Compartilhe: