Fundador do Tinder investe em aplicativo de dicas de sexo

Lover oferece guias e vídeos educativos sobre o tema a partir de uma assinatura de dez dólares por mês

por Matheus Fiore

Em 2012, Sean Rad fundou, ao lado de investidores, o Tinder, o maior aplicativo de relacionamentos do mundo. Agora, o empresário está investindo cinco milhões de dólares em um novo app, o Lover, focado em dicas de sexo. O aplicativo é feito em parceria com a psicóloga Britney Blair, e foi disponibilizado hoje para iOS.

“É estranho que ainda haja tantos tabus relacionados a sexo, já que é algo que todos nós fazemos, independente de gostarmos ou não de nós mesmos. Nós achamos que é a hora de começar uma conversa sobre esse importante aspecto de nossa saúde” escreve Blair sobre a decisão; “Nós acreditamos que o Lover pode ajudar a fortalecer a confiança, facilitar a comunicação, melhorar a conexão com os parceiros e conscientizar sobre sexo e sexualidade em geral”.

O Lover é pago, mas oferece uma variedade de conteúdos gratuitos por sete dias, incluindo guias em áudio sobre sexo, vídeos educativos e até mesmo passo-a-passo para que os menos experientes saibam o que fazer e o que não fazer na cama. A mensalidade do aplicativo custa US$ 9,99, e a assinatura anual custa US$ 59,99.

“Quase 50% das mulheres e 40% dos homens possuem reclamações sobre suas vidas sexuais, mas a maioria das pessoas não têm noção de como seus problemas são comuns e contornáveis”, diz a psicóloga. “Em nosso pré-lançamento, durante o período de testes, focamos puramente em disfunção erétil, e 62% dos usuários relataram melhorias em suas ereções após apenas três semanas utilizando o aplicativo. É um número impressionante se você pensar que a eficácia do Viagra é de aproximadamente 65% e a pílula só tem efeito por cinco horas”.

Todo o conteúdo do Lover será supervisionado por Britney Blair, que é uma psicóloga especialista em sexualidade. Ainda não há informações sobre o aplicativo chegando em outros países, mas é provável que, dependendo do sucesso da plataforma, ele seja traduzido e lançado por todo o mundo em um futuro próximo.

Compartilhe: