Preocupação com o coronavírus leva Facebook a cancelar conferência de desenvolvedores

Empresa cita "preocupação crescente" com a doença como motivo para cancelar a F8 deste ano, que deve manter a programação de transmissões ao vivo

por Pedro Strazza

Depois do MWC, agora é a vez da F8 deste ano deixar de acontecer por conta da epidemia do coronavírus. O Facebook anunciou nesta quinta-feira (27) a decisão de cancelar a edição 2020 de sua conferência anual, devido ao que define como “preocupações crescentes” sobre a disseminação do COVID-19 no mundo.

Embora a feira não vá ser realizada, a companhia declara que o F8 deve manter uma programação de apresentações em vídeo durante o período previsto originalmente para a realização do evento, além de criar alguns encontros localizados para suprir a ausência da conferência. “Celebrar todo ano nossa comunidade global de desenvolvedores na F8 é algo importante para o Facebook, mas nós vamos sacrificar a saúde e a segurança de nossos membros para isso” escreve o diretor de plataformas e programas de desenvolvimento da empresa Konstantinos Papamiltiadis sobre a decisão.

No anúncio, feito no blog oficial do Facebook, o executivo escreve ainda que a companhia vai doar meio bilhão de dólares às organizações que ajudam a “diversificar a indústria da tecnologia” e deve priorizar parcerias com entidades do meio que auxiliam moradores de San José, cidade que iria sediar mais uma vez o evento. A preocupação com a sede e o estudantes da região inclusive é o que leva o Facebook a buscar realizar “experiências inspiradas na F8” para suprir o cancelamento da conferência de 2020.

O evento é mais um da área de tecnologia a sofrer com a epidemia do coronavírus e os riscos de se tornar centro de contaminação da doença. Além da F8 e da MWC, a Game Developers Conference e o SXSW também já relataram múltiplos cancelamentos de última hora de participantes, mas no caso destes dois últimos as organizações garantem que a programação por enquanto segue de pé.

Compartilhe: